Notícias do Inter

Carlos Palacios foi preso: Motivo é surpreendente

O meia Carlos Palacios, de 23 anos, foi uma das primeiras contratações do Inter na gestão do presidente Alessandro Barcellos. O profissional desembarcou em Porto Alegre com a expectativa de ser um dos principais jogadores do elenco. No entanto, apesar das altas expectativas, o jogador não rendeu o esperado e acabou sendo vendido para o Vasco da Gama.

O atleta, inclusive, já esteve envolvido em uma polêmica no Chile. O meia, que atualmente pertence ao Colo-Colo, foi preso de forma inesperada. Isso porque recebeu uma acusação de violência doméstica contra sua ex-namorada. Ela alega que o profissional lhe ameaçou com uma arma de fogo. Diante disso, ele acabou sendo detido pela polícia para responder aos atos.

Depois do ocorrido, Carlos Palacios se manifestou publicamente e afirmou que a situação não passava de um mal entendido com a ex-mulher. “Antes de tudo, agradeço a preocupação de todas as pessoas. Também quero deixar claro que nunca agredi a mãe dos meus filhos. Tudo o que aconteceu foi um mal-entendido e já está tudo esclarecido, e sou totalmente inocente”, disse o jogador.

Carlos Palacios fracassou no Inter

O meia-atacante Carlos Palacios custou uma fortuna aos cofres do Inter porém não rendeu o esperado dentro de campo. O atleta surgiu como a primeira grande aposta da gestão de Alessandro Barcellos. No entanto, diante do desempenho abaixo do esperado, o jogador foi negociado. O Clube do Povo conseguiu recuperar o investimento em acordo com o Vasco da Gama.

Para justificar o desempenho de Palacios, foram utilizados diversos argumentos. Nos bastidores, surgia a especulação de que o jogador não havia se adaptado ao restante do elenco e ao futebol brasileiro. O Inter tentou trazer a família dele para o país, visando ajuda no procedimento de adaptação, porém não teve sucesso.

Caue Souza

Acadêmico de jornalismo. Apaixonado por esportes, principalmente o futebol, desde a infância. Escrevo sobre o Internacional no Resenha Colorada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo