Notícias do Inter

Dupla Gre-Nal enfrenta sequência de jogos semelhante a temporada regular da NBA

Assim como o Grêmio, o Inter está em preparação para retornar aos gramados no sábado (8), às 21h30, contra o Delfín, pela Sul-Americana, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, pela Copa Sul-Americana. Três dias antes, a delegação estava em Tarija, na Bolívia, para enfrentar o Real Tomayapo. O último confronto foi o terceiro dos seis jogos que o Colorado precisa cumprir em um período de 20 dias. Diante disso, é possível perceber que a dupla Gre-Nal lida com uma longa sequência.

O Clube do Povo corre contra o tempo para lidar com o adiamento das partidas que foram causadas pelas enchentes notificadas no Rio Grande do Sul. Em um primeiro momento, os problemas enfrentados pelos atletas são o curto período de descanso e as viagens longas significativas. Desde o início do retorno aos gramados, por exemplo, o Colorado já rodou mais de 3.800 km.

A maratona indica que a dupla Gre-Nal está passando por um desafio incomum que também é pontuado no basquete. No entanto, existem diferenças significativas em cada um dos esportes. Isso porque, na NBA, os times enfrentam uma temporada regular longa, com 82 jogos, precisando viajar frequentemente entre as cidades. No entanto, o esporte possui recursos que possui uma gestão mais eficaz do desgaste físico.

De acordo com Flávia Magalhães, especialista em gestão de saúde e performance de atletas, os dois esportes possuem diferenças consideráveis que permitem a longa sequência no basquete. Os jogadores de futebol, em contrapartida, precisam, em média, de um período de 72 horas de recuperação após o término das partidas.

“Inicialmente começamos pelo tamanho da quadra, com dimensões menores. Além disso, temos o tempo de partida, também mais curto, com intervalos entre os quatro períodos. O basquete também permite substituições a qualquer momento da partida. Estas características facilitam o maior descanso dos jogadores e reposição de carboidratos. A realidade do futebol é diferente, desde o tipo de piso até a temperatura, com exposição solar, tempo maior de jogo, distância percorrida, força, número de substituições e paralisações ao longo da partida”, disse Flávia, em entrevista para o Futebol do Interior.

Como está a maratona de jogos da dupla Gre-Nal?

O Inter voltou aos gramados no dia 28 de maio, diante do Belgrano, da Argentina, na Arena Barueri, pela Copa Sul-Americana. A equipe ainda disputou mais dois confrontos, contra Cuiabá e Real Tomayapo. Depois de visitar a Bolívia, o clube prolongou a estadia em Itu e viajará a Caxias do Sul para encarar o Delfín no final de semana. Até o momento, o Colorado viajou 3.821 km. O Grêmio vive caminho semelhante.

Caue Souza

Acadêmico de jornalismo. Apaixonado por esportes, principalmente o futebol, desde a infância. Escrevo sobre o Internacional no Resenha Colorada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo