Notícias do Inter

Maicon abandonou o Grêmio e agora virou dançarino de aniversário de 15 anos

Ídolo do Grêmio, o ex-volante Maicon chamou a atenção ao fazer participação como dançarino no aniversário de 15 anos de sua filha. O ex-jogador de 38 anos, que anunciou a aposentadoria dos gramados em 2022, voltou a viralizar nas redes sociais por conta da participação no evento.

No vídeo que faz sucesso na internet, Maicon aparece dançando com a filha por cerca de um minuto, fazendo passos musicais famosos. Por conta do momento intimo com a filha, o ex-jogador não escondeu a felicidade durante a apresentação (veja o vídeo abaixo).

Maicon defendeu as cores do Grêmio entre 2015 e 2021, sendo citado como um dos principais responsáveis pela geração gremista que foi multicampeã no período. Entre as conquistas mais relevantes, ele levantou a Libertadores, a Copa do Brasil e o Campeonato Gaúcho.

No entanto, apesar do longo período de serviços prestados, o atleta deixou o clube no ano do rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, ele disputou 16 partidas e marcou um gol. No ano seguinte, ele foi transferido para o CRB, de Alagoas, onde encerrou a carreira.

Veja o vídeo com a interação entre Maicon e sua filha:

Maicon teve polêmica contra o Inter pelo Grêmio

Durante o período no Grêmio, Maicon ficou marcado por uma provocação direcionada ao volante Rodrigo Dourado, em 2018, depois de um clássico Gre-Nal. Na época, o jogador questionou, de forma irônica, quem era o meio-campista do Colorado. Pouco tempo depois, ele teve a oportunidade de explicar o ato provocativo em direção ao profissional.

“Isso daí foi um negócio de jogo. Um jogo no Beira-Rio que eles ganharam e eu estava com a panturrilha machucada. Pedi para o Renato para jogar. Mas ele disse que eu poderia perder mais um, dois meses. ‘Clássicos vamos ter vários’, dizia ele (Renato). E me tirou do jogo. Mas fui pro estádio, concentrei”, disse Maicon.

Caue Souza

Acadêmico de jornalismo. Apaixonado por esportes, principalmente o futebol, desde a infância. Escrevo sobre o Internacional no Resenha Colorada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo