Notícias do Inter

Ficamos sem palavras com o goleiro que o Corinthians pode contratar

O Corinthians está próximo de perder o goleiro Carlos Miguel, de 25 anos, que teve formação nas categorias de base do Inter. O atleta desperta o interesse de gigantes do futebol europeu. Desta forma, o clube terá que agir no mercado para contratar um novo arqueiro. Nas últimas horas, surgiu a informação de que o Alvinegro pode trazer um grande nome do futebol mundial.

De acordo com o jornalista Jeremias Wernek, o goleiro alemão Loris Karius, de 30 anos, foi oferecido ao Corinthians. O arqueiro que teve passagem recente pelo Liverpool está livre no mercado depois de chegar ao fim do contrato com o Newcastle. Por conta da falta de espaço na Europa, o profissional teria demonstrado interesse em jogar no futebol brasileiro.

No entanto, até o momento, não surgiram informações sobre a possibilidade de movimentação do Corinthians no mercado. O time paulista mantém cautela e ainda avalia as sondagens realizadas sobre Carlos Miguel, que é o principal goleiro do elenco na temporada 2024. O atleta assumiu o posto do ídolo Cassio e disputou 12 partidas desde o início do ano.

De acordo com informação do Uol Esporte, o Nottingham Forest e o West Ham, que disputam o campeonato inglês, brigam para tirar Carlos Miguel do Corinthians. A multa rescisória do arqueiro está avaliada em 4 milhões de euros (cerca de R$ 22,91 milhões na cotação atual).

Qual será o destino de Carlos Miguel, ex-Inter, no Corinthians?

Apesar de ter acordo verbal com o Nottingham Forest, o goleiro ainda pode optar pela transferência junto ao West Ham ou até mesmo a permanência no Corinthians. A decisão, inclusive, não cabe mais ao clube paulista, que tenta convencer o arqueiro a permanecer no futebol brasileiro.

A multa de Carlos Miguel, que foi tirado do Inter pelo Corinthians, era avaliada em 50 milhões de euros (R$ R$ 285,85 milhões). No entanto, os valores caíram para 4 milhões de euros em janeiro de 2024 por exigência do empresário do goleiro, Gilmar Veloz, que argumenta não haver necessidade de valores altos para dificultar a venda. na janela de transferências.

Caue Souza

Acadêmico de jornalismo. Apaixonado por esportes, principalmente o futebol, desde a infância. Escrevo sobre o Internacional no Resenha Colorada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo